Coisas Legais » Inovação

Arquitetura para as pessoas e pelas pessoas

01.10.2015 Samia Assaf

 

Você já ouviu falar em WikiHouse?

 

Pense em sistemas de construção de código aberto, de baixo custo e sustentáveis, disponíveis online para que qualquer pessoa possa construir sua própria casa, em qualquer lugar do mundo.  Fundada por Alastair Parvin e Nick Ierodiaconou, a WikiHouse permite que qualquer um possa projetar, fazer o download e “imprimir” casas e componentes que podem ser montados por pessoas sem qualquer habilidade ou treinamento em construção. O que motivou a ideia? Possibilitar que arquitetos e designers possam voltar seu trabalho para 100% da população, e não apenas aquele 1% que tem condições financeiras para contratar seus serviços.

Para Parvin, se o desafio do século XX foi democratizar o consumo, o grande desafio do século XXI é democratizar também a produção. Ele está falando de uma nova revolução industrial, um futuro onde cidades serão feitas por cidadãos e fábricas estarão em todos os lugares, graças à internet e à tecnologia presente em equipamentos como impressoras 3D e máquinas CNC:

“Se você leva a sério problemas como mudanças climáticas, urbanização e saúde, nossos modelos de desenvolvimento existentes não vão dar conta (…) não haverá um banco, uma corporação, ou uma ONG que conseguirá dar conta do negócio se continuarmos a tratar os cidadãos apenas como consumidores.  No entanto, quão extraordinário seria se, coletivamente, nós desenvolvêssemos soluções, não apenas para o problema de estrutura, no qual estamos trabalhando, mas para os problemas de infraestrutura, como ar condicionado a energia solar, energia autônoma, saneamento autônomo. Soluções de baixo custo, de código aberto e de alta performance, que qualquer pessoa pode facilmente fazer, e disponibilizá-los a todos, de uma forma que seriam propriedade de todos e acessível a todos? Um tipo de Wikipedia para coisas?

O trecho acima faz parte de sua palestra no TED, que pode ser vista na íntegra, no vídeo abaixo:

 

 

Aqui no Brasil temos a WikiHouse Rio. Uma história que teve início quando Dinho (fundador da agência de comunicação Dharma), Jimmy (pesquisador inglês) e Alastair Parvin se uniram e ganharam o TED City Prize. Com isso, as técnicas de fabricação open-source da WikiHouse e ensino co-criativo foram trazidas para a cidade.

Hoje essa equipe cresceu e conta com colaboradores que vem adaptando o projeto ao Rio, para poder enfrentar melhor todos os desafios e oportunidades que a cidade oferece. No vídeo abaixo você pode conferir o papel da WikiHouse Rio em conectar a favela com as soluções criativas e inovadoras que estão surgindo no mundo:

 

 

Sou publicitária formada pela ESPM e jornalista formada pela Católica UniSantos, com experiência profissional em planejamento de comunicação e cursos de especialização em marketing digital, também realizados na ESPM. Amo tudo o que é criativo, não sobrevivo sem música, sou apaixonada por viagens, adoro aprender coisas novas, adoro gente simples e espontânea, minha maior paixão é escrever!