Coisas Legais » Das Amigas » Pais e Filhos

Estantes de livros para crianças

07.08.2015 Karla Cunha

 

Separei aqui algumas estantes infantis para organizar (com muito estilo) os livrinhos da criançada.
A ideia é que sirvam de inspiração aos pais de plantão e também aos profissionais que estejam envolvidos em projetos de decoração de ambientes dedicados aos pequenos, como quartos, brinquedotecas e salas de aula.

Confira então a galeria de imagens a seguir, com peças bem lúdicas, confeccionadas em madeira e sugestões para diversos usos!

 

 

Estante em forma de casa | Imagem: The Venture Horizon

Estante em forma de casa | Imagem: The Venture Horizon

 

Porta livros em forma de letra | Imagem: Home & Garden Design

Porta livros no formato de letra | Imagem: Home & Garden Design

Estante tradicional com prateleiras | Imagem: Yell Design

Estante tradicional com prateleiras | Imagem: Yell Design

 

Estantes baixas de piso | Imagem: Amazon

Estantes baixas de piso, para bebês | Imagem: Amazon

 

Modelo em madeira e tecido | Imagem: Home Design Ideas

Modelo em madeira e tecido | Imagem: Home Design Ideas

Estante quebra-cabeça | Imagem: Growing Tree Toys

Estante empilhável quebra-cabeça | Imagem: Growing Tree Toys

 

Porta livros baixo em madeira | Imagem: Kinsights

Porta livros baixo em madeira | Imagem: Kinsights

 

Estante em forma de elefante | Imagem: Aliexpress

Estante em forma de elefante | Imagem: Aliexpress

 

Estante árvore | imagem: Shawn Soh

Estante árvore | imagem: Shawn Soh

Modelo rústico | Imagem: Normann

Modelo rústico, feito com caixotes | Imagem: Normann

 

Lembrando que projetos de marcenaria exigem alguns cuidados especiais, principalmente em se tratando de mobiliário destinado às crianças, onde quinas, tintas tóxicas e parafusos aparentes não são bem-vindos, podendo causar acidentes indesejados, portanto, consulte sempre um profissional da área.

E exija sempre que o seu fornecedor de móveis, seja ele uma loja ou marceneiro, trabalhe com madeira certificada ou de origem controlada. Essa é a única garantia que o consumidor consciente tem em optar por um produto que não degrada o meio ambiente e contribui para o desenvolvimento social e econômico das comunidades florestais.

Sou arquiteta, formada pela Universidade Católica de Santos e pós graduada em Gestão e Tecnologias Ambientais pela Escola Politécnica da USP. Hoje sou sócia da Item 6, escritório especializado em projetos arquitetônicos e paisagísticos que respeita os conceitos sustentáveis e também escrevo em um blog sobre o tema. Além disso, sou mãe, estou sempre na correria tentando conciliar trabalho e vida pessoal, mas sempre feliz em busca de novos desafios.