Reflexões » Comportamento

Feliz Natal pra todos!

23.12.2014 Samia Assaf

 

Nunca comemorei Natal na vida. Minha família não é cristã, não temos esse costume.  Sempre me senti excluida deste clima em que todos estão às voltas com preparativos e compras de presentes. Nunca enfeitei uma árvore, nem arrumei a mesa pra ceia, nem fiquei ansiosa pra saber se a receita escolhida daria certo ou não.

Mas gosto da ideia do Natal. Não ligo se as pessoas reclamam da comercialização da data e do frenesi que toma conta dos shoppings e ruas comerciais, afastando o “real sentido” desta comemoração. Acho simplesmente interessante a ideia de ter um dia tão esperado no ano, em que todos se vestem e se preparam, com a mesa farta e a casa arrumadinha, pra receber a família e entrar num clima de harmonia e alegria. Todo mundo pode fazer isso ao longo do ano? Sim. Mas todo mundo fazendo isso  no mesmo dia, no mundo todo, já é mágico por si só.

Fico pensando sempre nas decisões que a comemoração do Natal faz com que as pessoas tomem. Quanta gente no mundo resolveu fazer as pazes antes dessa data, pedir perdão, cumprir promessas passadas, fazer novas promessas, ligar pra quem estava distante, viajar, reencontrar quem não via há tempos?  Sei que deveríamos ser capazes desses gestos sempre. Mas ter uma data marcada no ano pra repensar e fortalecer as relações acaba obrigando até o mais omisso dos seres a lembrar de quem é importante para ele. E isso é bom sim.

O fato é que ter uma data tão marcante no ano torna inevitável lidar com todo tipo de emoção e sentimento. Com ela vem a saudade de quem se foi pra sempre,  e também a alegria de receber quem chegou recentemente. Bebês que nascem, maridos e esposas que entram pra família. A lembrança de um ano difícil, o agradecimento por um ano bom. O que mudou, o que continua na mesma. O que nunca deveria ser repetido e acaba virando piada nos anos seguintes. Dá pra contar a história de uma família Natal por Natal.

Então acho que o Natal não é só sobre consumo. E, apesar de não ser cristã, ouso dizer que nem  acredito que o sentido espiritual desta data esteja tão ausente como as pessoas dizem. Acredito que as maiores lições de Deus provavelmente estão nas coisas simples e, principalmente, nos sentimentos que temos uns pelos outros. E se, portanto, é esse sentimento que move todos os preparativos de Natal, se é esse sentimento que faz com que as pessoas cozinhem coisas gostosas, procurem presentes perfeitos e deixem o ambiente bonito o suficiente para alegrar todos que entram em suas casas, então essa noite de festa colabora pra renovar toda a fé que precisamos. Aquela fé que diz que dentro da gente ainda existe muito de tudo o que é necessário pra melhorar a vida: a necessidade do outro, a generosidade de querer fazer alguém feliz, a compreensão de que a felicidade precisa ser compartilhada pra existir.

Que seu Natal seja muito feliz!

 

Sou publicitária formada pela ESPM e jornalista formada pela Católica UniSantos, com experiência profissional em planejamento de comunicação e cursos de especialização em marketing digital, também realizados na ESPM. Amo tudo o que é criativo, não sobrevivo sem música, sou apaixonada por viagens, adoro aprender coisas novas, adoro gente simples e espontânea, minha maior paixão é escrever!