Coisas Legais » Das Amigas » Pais e Filhos

Perdeu, Manhê!

29.04.2015 Tatiana Porto

 

Ser mãe é ter que aprender a reconhecer que perdeu. Vivemos na busca constante para ensinar o que é certo e errado, procuramos manter a pose de durona e assim mostrar às crianças que a última palavra é nossa, estabelecendo limites, mas às vezes simplesmente não dá mais. Aí é hora de reconhecer que não conseguiu. Isso é importante para poder manter o mínimo da sanidade mental que ainda resta, e entender que ficar batendo na mesma tecla, nem sempre é a melhor estratégia.

Por exemplo: perdi meu sofá. Ou melhor, abdiquei. Cansei de me descabelar, ameaçar, punir, arrumar, esbravejar, entre outros tantos verbos que só me deixaram mais exausta. Não posso ir contra um atrativo tão legal para duas crianças com muita energia e criatividade. Até a dica de outra mãe eu segui e comprei um pula-pula pra ver se desviava o foco, mas é claro que a tática durou poucos dias… Afinal, um pula-pula não tem tantas possibilidades quanto um sofá macio (na verdade, agora eles o usam pra pular em direção ao sofá, em uma manobra meio kamikaze).

Então, estou aprendendo a desapegar e fazer cara de nada quando as almofadas voam, os assentos vão para o chão, o encosto vira trampolim, isso sem contar todo o histórico alimentar dos últimos dias.

Meu lado “mãe desprendida” fica me dizendo que já esgotei meu repertório de broncas, atingindo o máximo da chatice, e que, se não surtiu efeito, melhor mudar o caminho. Eles só serão crianças uma vez na vida e depois a gente conserta (porque claro que já quebrou!), ou troca por outro. Afinal, assim como em outros assuntos, provavelmente quando eles tiverem 23 anos, não vão querer mais fazer isso (eu espero!).

Então, já me preparo para dizer às visitas que o sofá aqui de casa segue a filosofia Sandy e Junior: “vâmo pulá, vâmo pulá, vâmo pulá”. E que, por isso, elas não devem se assustar se afundarem nele (prometerei que ninguém sentará em nenhum pedaço de chocolate!). E pedirei desculpas pela bagunça, mas AQUI SE VIVE!

Formada em Administração com ênfase em Marketing pela ESPM, hoje exerço uma profissão que sempre esteve dentro do meu coração: sou mãe em tempo integral de dois lindos pequeninos: João e Luiza. Com isso, também sou dona de casa, recreadora, professora, enfermeira, cozinheira, motorista, palhaça particular e administradora de um e-commerce de roupas e acessórios para bebês e crianças.